O Berro | História

Dona Lourdes mudou-se para Mogi das Cruzes na década de 50.
 
Carismática e decidida, em 1978 aproveitou o ponto já existente nas mãos da família e seguiu seu objetivo que era abrir um restaurante.
 
Na bagagem, além de muitas receitas, a vontade de vencer. A feijoada, o arroz e feijão eram seu carro chefe e o sucesso veio de imediato, tanto que seu marido, José, aposentou o caminhão por algum tempo para fortalecer sua equipe. Cinco anos depois já haviam comprado um prédio próprio mais espaçoso e, a clientela aumentou. Era a oportunidade para que um de seus filhos, José Carlos, ingressasse no negócio.
 
Com seu jeito descontraído e carinhoso Dona Lourdes conquistou uma clientela fiel e para todos, como dizem, tem um “dedinho de prosa”.
 
Em 2003, o Sr. José veio a falecer, mas sua presença forte e marcante está representada pelas paredes do restaurante. Com o tempo, a casa foi repaginada e com a ajuda dos filhos Ereni e José Carlos, nos dias de hoje, a terceira geração ajuda na administração.
 
Os funcionários mais antigos continuam zelando pelo bom atendimento, sendo que os clientes mais antigos estão sempre presentes recordando os velhos tempos enquanto apreciam a boa comida de Dona Lourdes, que a casa faz questão de manter.

Rua Dr. Ricardo Vilela, 898 - Centro - Mogi das Cruzes/SP                             1978